sábado, 1 de janeiro de 2011

MÃE!



Chamava-se Libânia era uma pessoa que gostava da vida das pessoas, sabia aguentar as piores intempéries sempre com um sorriso no rosto sempre com uma Fé inabalável de que o dia seguinte seria melhor.Tinha sempre a frase certa o conselho feito de toda uma vida e um coração tão grande que abarcava todas as pessoas e foi na paz desse amor que o seu coração a levou sem sofrimento.
Era a minha MÃE e morreu a poucas horas de fazer anos precisamente na passagem do ano.

Agora guardo esta dor cá dentro e não sei como a hei-de tirar!


Jorge d'alte